7 de fevereiro de 2013

Caracterização da Blogosfera Cabo-Verdiana

NOTA: Este texto faz parte da minha Monografia “Problemas Associados à Credibilidade do Jornalista/Blogueiro: estudo exploratório do blogue ‘Kriol Rádio’”, apresentada na Universidade Lusófona de Cabo Verde (01/01/2013).


IV.1. Apresentação do questionário aos jornalistas/blogueiros 

Este questionário estatístico é um estudo descritivo e exploratório de corte transversal que visou investigar e recolher informação quantitativa e qualitativa acerca dos jornalistas/blogueiros, incidindo sobre informação factual e opiniões destes profissionais. Fez-se uso desta ferramenta porque um questionário, quando correctamente utilizado, mostra-se um meio eficaz de obter a informação necessária e, também, pelo facto de não ser possível recolher estas informações de outra forma. Contudo, os inquéritos estatísticos apresentam vantagens e desvantagens pelo que, de seguida, apresentamos algumas dessas características que tiveram influência no estudo: 

As vantagens incluem: 

· São uma forma eficiente de recolher informação de um grande número de inquiridos (no caso deste estudo o universo é de 15 indivíduos). 

· São flexíveis porque pode ser recolhida uma grande variedade de informação (aqui caracterizou-se o indivíduo, o seu comportamento na blogosfera cabo-verdiana, a sua crença em relação à liberdade de expressão e a credibilidade do jornalista). 

· São relativamente fáceis de administrar. 

· Por ser focalizada, não há gasto de tempo e dinheiro em questões tangenciais. 

As desvantagens dos inquéritos é que dependem da motivação, honestidade, memória e capacidade de resposta dos sujeitos. Também, não são apropriados para estudar fenómenos sociais complexos, e se a amostra[1] não for representativa da população[2] então as características da população não podem ser inferidas. 

Na procura de estudar a presença dos jornalista cabo-verdianos na blogosfera, procurou-se ter em consideração que fazer um inquérito é muito mais que construir um questionário. De modo a aumentar a sua eficiência, o instrumento procurou ser claro, com objectivos precisos, e traduzir a opinião dos inquiridos de forma fiável sem erros. No final os dados foram analisados estatisticamente no programa SPSS v.17 para inferir resultados e tomar decisões. 


IV.1.1. Metodologia 

Não existe uma metodologia padrão para o projecto de questionários, porém existem recomendações de diversos autores com relação a esta tarefa importante no processo de pesquisa científica. Desta forma, foi usado como base de revisão bibliográfica o trabalho do mestre em Administração e professor da Universidade Católica de Campinas (Brasil), Anivaldo Tadeu Roston Chagas, “O Questionário na Pesquisa Científica” (2000). Este estudo reúne as recomendações de diversos autores a respeito da construção de questionários e apresenta sugestões de tarefas e cuidados a serem tomados, dentro de uma sequência lógica, com o objectivo de que este instrumento de colecta de dados tenha eficácia para a finalidade a que se destina. 


IV.1.2. Amostragem não aleatória 

A amostra é constituída por 15 jornalistas que possuem ou possuíram blogues durante os seus percursos como profissionais da comunicação social, sendo 7 do sexo masculino e 8 do sexo feminino. O questionário foi aplicado através do correio electrónico na data de 11 de Outubro a 19 de Outubro de 2012. Os elementos desta amostra foram seleccionados, deliberadamente, pelo investigador por considerar que possuem características que são representativas desta população e porque neste estudo exploratório a amostra é de dimensão reduzida. Isso não significa que a que foi assim obtida seja necessariamente representativa da população ainda que o investigador possa ter essa opinião. Após a identificação dos primeiros indivíduos do grupo a estudar foi-lhes pedido para identificarem outros elementos do mesmo, num efeito bola de neve, para desta forma conseguir-se atingir um maior número de respondentes. 


IV.1.3. Instrumento 

Utilizou-se um questionário auto-administrado que é constituído por cinco partes (em Apêndice). A primeira parte do questionário recolhe informações sócio-demográficas para fazer a caracterização do inquirido, onde se incluem o género, faixa etária e a área de acção predominante nos meios de comunicação social. Na segunda parte, é descrita a situação dos jornalistas em relação à blogosfera cabo-verdiana e na terceira avalia-se as suas percepções sobre a liberdade de expressão nos media tradicionais e nos blogues. Na quarta parte do questionário os inquiridos respondem acerca da responsabilização criminal por um comentário anónimo publicado no blogue com conteúdo ilegal e por fim, na quinta parte, são solicitadas informações para estudar a percepção dos jornalistas para se poder saber se o facto de possuírem um blogue afecta ou não a sua credibilidade. 


IV.2. Resultados 

Os resultados do questionário foram levantados e digitados no programa estatístico SPSS v.17 e são de seguida apresentados. Para ver os resultados click aqui



[1] Amostra: conjunto de dados ou observações, recolhidos a partir de um subconjunto da população, que se estuda com o objectivo de tirar conclusões para a população de onde foi recolhida. (in Wikipédia – a enciclopédia livre. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Amostra>. Consultado em 10 de Maio de 2012) 


[2] População: colecção de unidades individuais, que podem ser pessoas ou resultados experimentais, com uma ou mais características comuns, que se pretendem estudar. (in Wikipédia – a enciclopédia livre. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/População>. Consultado em 10 de Maio de 2012)

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes