5 de agosto de 2014

Documentário sobre "Rabidantes" será exibido para cerca de 46 milhões de brasileiros


Entre Cabo Verde e Brasil, as rabidantes produzem um movimento de intercâmbio econômico e cultural, graças à atividade que exercem: o comércio transatlântico de produtos. É esta faceta que a brasileira, Lívia Perez, quer mostrar através do documentário "Rabidantes". 

Conheça mais sobre este projecto que pretende mostrar o trabalho destas crioulas de coragem para cerca de 46 milhões de espectadores no canal Futura, no Brasil. 


Como nasceu o projecto “Rabidantes”? De onde vem esta ligação com Cabo Verde?

A idéia de um documentário sobre as “Rabidantes” surgiu de um encontro entre eu e o jornalista Dai Varela, que se tornou um grande amigo, no VI Bienal de Jovens Criadores dos Países da Língua Portuguesa que aconteceu em dezembro de 2013 na cidade de Salvador, no Brasil.

Lívia Perez - responsável do projecto
Na ocasião conheci mais sobre a cultura de Cabo Verde através do convívio com os jovens artistas cabo-verdianos e pude perceber como temos relações muito estreitas com este país, sejam comerciais, históricas, econômicas, turísticas, linguísticas ou afetivas.

Como em minhas realizações me interessa abordar temáticas ligadas às mulheres, me chamou atenção a questão das “Rabidantes” e a relação de intercâmbio cultural que estabelecem com o Brasil através do comércio transatlântico. É uma relação de proximidade na moda, nos costumes que está muito relacionada também aos programas brasileiros exibidos em Cabo Verde, em especial as novelas.

Atualmente o projeto “Rabidantes” expandiu e pretende documentar não só o movimento de produtos e o câmbio cultural promovido por essas comerciantes cabo-verdianas mas partir deste ponto para abordar também outras relações entre Cabo Verde e Brasil, como o turismo.


Em que consiste?

“Rabidantes” é um documentário sobre as relações entre Brasil e Cabo Verde ressaltando aspectos que vão desde o desenvolvimento econômico de mulheres através da comercialização de produtos do Brasil em Cabo Verde até o turismo brasileiro no arquipélago.


Como é financiado?

O projeto é uma coprodução entre a Doctela, produtora audiovisual brasileira e o Canal Futura (Brasil) com apoio cultural da companhia aérea TACV, da rede de hotéis Oásis Atlântico e apoio institucional da Embaixada de Cabo Verde no Brasil.

Interessados em apoiar ou contribuir com nossa produção podem entrar em contato através do email contato@doctela.com.br


Quem é a equipa?

Trabalharemos com produtores locais em Cabo Verde e com três profissionais da Doctela: André Menezes, Diretor de Fotografia, Giovanni Francischelli, Técnico de som e eu na Direção.


Quanto tempo será?

O filme será gravado em sete dias na cidade da Praia (Santiago) e na ilha do Sal, em Cabo Verde, e Fortaleza no Brasil.


Quem é o público?

O público de “Rabidantes” são homens e mulheres fãs de documentários e pessoas interessadas em conhecer novos lugares e novas culturas e outros temas amplos como desenvolvimento sustentável, ecologia, turismo e culinária.


Onde será visto?

“Rabidantes” será exibido no programa Sala de Notícias que vai ao ar diariamente às 14h30 no Canal Futura, um canal brasileiro que existe há 16 anos e é assistido regularmente por 46.3 milhões de espectadores sendo, dentre esses, cerca de 2 milhões de educadores.

Também temos planos de exibir o conteúdo em Cabo Verde após o período de licenciamento com o Canal Futura.


Quais as ambições com esse projecto?

Com esse projeto pretendemos promover as relações entre Brasil e Cabo Verde além de divulgar aspectos culturais e geográficos de vosso país para o público brasileiro.

O projeto também tem como objetivo discutir temas importantes como o empreendedorismo feminino, o comércio informal, o turismo e outras questões que estão presentes nas relações entre os dois países.


O que Cabo Verde ganha com ele?

Cabo Verde ganha com a exposição de seu país e sua cultura no Canal Futura, um grande canal da televisão brasileira com programação atrativa e educativa, construído por parceiros da iniciativa privada e do terceiro setor. Além disso o projeto pretende promover debates na população que ajudem a ampliar a relação entre Cabo Verde e Brasil.

Link para o Canal Futura: http://www.futura.org.br/
Link para Doctela: www.doctela.com.br


0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes