7 de março de 2014

"Quotidiamo, esta não é uma história de amor" junta quatro autores no teatro de Mindelo



Esta é a 50ª Produção Teatral do Grupo de Teatro do Centro Cultural Português do Mindelo e terá estreia na quinta (20) no Salão da Mediateca do BCA. Texto original escrito por Rui Zink, José Mena Abrantes, Abraão Vicente e Ivam Cabral.


SINOPSE (da autoria do grupo)

"A 50ª produção do Grupo de Teatro do Centro Cultural Português do Mindelo debruça-se sobre um tema familiar, para levar o espectador a experimentar novos lugares e sensações. O título do espectáculo, que é um jogo entre as palavras quotidiano e amor, dá um vislumbre do retrato desenhado pelos quatro autores do texto, oriundos de quatro países diferentes. A relação de um casal que é vítima dos problemas do dia-a-dia, desde a crise financeira à própria rotina da vida a dois“ 


FICHA ARTÍSTICA 

Texto original de: Rui Zink (Portugal) | José Mena Abrantes (Angola) | Abraão Vicente (Cabo Verde) | Ivam Cabral (Brasil) 
Encenação e Direção Artística: João Branco
Interpretação: Janaina Alves Lopes Renato
Música Original: Rui Rebelo
Iluminação e Vídeo: Paulo Cunha
Produção Executiva: Penélope de Melo
Produção: Centro Cultural Português - Pólo do Mindelo 

Duração: 60 minutos 
Para maiores de 16 anos 

Local: Salão superior da Mediateca do BCA 
Dias: 20, 21, 22 e 23 de Março, sempre às 21:30 horas 
Informações: Penélope de Melo 987 47 14



0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes