14 de dezembro de 2013

Cabo Verde mostra seus talentos na VI Bienal de Jovens Criadores da CPLP no Brasil


A cultura do arquipélago esteve em destaque na Bahia (Brasil) de 3 a 7 de Dezembro na VI Bienal de Jovens Criadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). Com a apresentação de danças, literatura, pintura, moda e música, os nove jovens criadores que partiram para esta Bienal para se reunirem com mais de 220 outros oriundos de Portugal, Timor Leste, Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe, para além do Brasil, estiveram em intensa troca de experiências com novas culturas. 

Cabo Verde em destaque no Brasil

Esta Bienal é feita com o tema “Política de Juventude e Cultura Livre” e tem os jovens como agentes de direitos na transformação dos seus países. Trata-se de uma procura do fortalecimento e a integração de redes de juventude e de cultura para uma maior participação da juventude.

Odair Varela (a esquerda) apresentado seu livro "A fita cor-de-rosa" (ainda não publicado) para o público na Bienal

Constituída pelos jovens Leninha (voz), Romeu di Lurdes (guitarra e voz), Fanny (guitarra e cavaquinho) e Patxá (teclados), o grupo irá desfilar músicas dentro do género da morna, coladera e batuco para dar a conhecer a cultura cabo-verdiana no Centro Histórico da capital do estado da Bahia.

Roni Timas Monteiro mostrou que a dança nas ilhas tem muito para dar e esta a sua apresentação teve a
coreografia do dançarino do Raiz di Polon, Nuno Barreto

Djone Cruz apresentou vários modelos de vestuário da moda com materiais reciclados que desfilaram na Bahia

Sandira Cardoso apresentou sua arte plástica para o público que visitou a Bienal

O encerramento da VI Bienal de Jovens Artistas foi feita com uma ocupação e desfile no Terreiro de Jesus, na zona histórica do Pelourinho, na Bahia.


0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes