28 de março de 2012

[Desafio Criativo Nº1] Um Cabo Verde igual mas, um pouquinho muito diferente.

As rochas não mudaram
os ventos, talvez
o mar que antes levara
leva hoje ainda mais...
jovens sem terra no peito ou, sem peito talvez!

A música já não se ouve.
Apenas fala-se...
De Cize e Beleza...
porque hoje em krioulo faz-se “muzica di merka”.

Constrói-se uma terra de betão.
E do sonho cultivado, colhe-se desilusão!
Que caia chuva, para transbordar apenas
barragens cheias de lágrimas dos que choram em vão!

Partia-se com a bagagem cheia de vontade de voltar
regressa-se agora com ela, cheia de vontade de não ficar!
E dos que ficaram só se ouve... era uma vez...
Um Cabo Verde igual, mas um pouquinho muito diferente.


OBS: este texto é da autoria de Suruk Rodriguez e faz parte do Concurso de Escrita Criativa

6 comentários:

Zitoazevedo disse...

HOUVE ???

daivarela disse...

'brigada Zito, já corrigi

Zitoazevedo disse...

HÁ MAIS...

Terycriola disse...

SURUK RODRIGUES TA DE PARABèNS..

Nelson-fl disse...

Grande verdade..grande poema Suruk...continua!!!

Emanuel Ribeiro disse...

Bravo SURUK. A tua escrita postula algo novo! Quando digo que Soncente está efervescente, me apoio nestas manifestações de uma nova criatividade e estéticas que atravessam todo o espectro da cultura Vicentina. Os estudiosos que desçam as ruas: Vem aí coisa!! 

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes