21 de março de 2012

Desafio Nº1 - Como será Cabo Verde em 2090?

O desafio é escrever a História de Cabo Verde
e depois caminhar sobre ela
Depois de muita insistência no Facebook de algumas pessoas que não deixava-me concentrar porque queriam o desafio para pensar nele antes de dormir, aqui está ele publicado. Este é o Desafio Nº1 do Concurso de Escrita Criativa. Preparem as vossas canetas e teclados, inspirem e transpirem para fazerem bonito: 

Estamos no ano 2090 e o Mundo conheceu mudanças incríveis. Coisas (para o bem ou para o mal) que poucos sonharam hoje são naturalmente aceites e usadas. 

Os mais velhos ainda contam como alguns visionários do longínquo ano de 2012 falavam de uma crise sem precedentes que abalaria toda a Humanidade e que ela nunca conseguiria recuperar-se. Guerras, revoluções e catástrofes naturais ocorreriam e por causa da fome muitas ilhas ou países poderiam tornar-se desabitadas enquanto mudanças drásticas ocorreriam na forma da sociedade se organizar. 

Mas também lembram que em 2012 outros visionários falavam de uma melhor sociedade, da construção de cidades sustentáveis usando energia de forma eficiente, gerindo os recursos naturais da Terra, usando automação avançada, focando nos benefícios que tudo isto traria à sociedade enquanto mudanças drásticas na forma da sociedade organizar-se ocorreriam. 

Passaram-se muito tempo e algumas das profecias cumpriram-se. Quais? Isso cabe a ti escolher. 

Desafio 

Dê um título ao teu texto. Crie uma personagem e dê-lhe um nome. Descreva – durante o texto - pelo menos três características físicas (por exemplo: alto ou magro) e três psicológicas (por exemplo: covarde ou valente). Faça a personagem chegar a Cabo Verde no ano 2090 e conta como ela encontrou estas ilhas, quem a recebeu, em que língua falaram, que coisas gostou ou detestou, etc... 

Regras 
  • O texto não pode começar com “era uma vez”; 
  • O tamanho máximo do texto é de 2500 caracteres, incluindo espaço (isso dá uma página de WORD); 
  • O género é a prosa ou poesia. 
  • O texto deve ser entregue até o mais tardar na terça-feira (27) para o email (dai-varela@hotmail.com) ou na minha página no Facebook. 

Boa inspiração! 

7 comentários:

fabio rodrigues disse...

bom desafio, gostei!!

Tey Alexandre Silveira Fonseca disse...

Sim sr. pá!! Em pleno dia Mundial da Poesia, num concurso de escrita criativa, resolves segregar a poesia... Bo cris baté algum record?

daivarela disse...

:D Como é Dia da Poesia ela terá todas as mordomias - mas não neste Concurso - hehehhehehe

daivarela disse...

Fixe. Agora fico a espera do texto ;)

Tey Alexandre Silveira Fonseca disse...

Mas continuo a reivindicar.... se o concurso de escrita se quer... CRIATIVA... como podes tentar limita a criatividade!? A meu ver até em código binário ou morse deveria ser permitido!! Deixo-te com o único impossível de Ovídio Martins...


Mordaças...A um poeta?
Loucura!
E por que não,
Fechar na mão uma estrela.
O Universo num dedal?
Era mais fácil
Engolir o mar
Extinguir o brilho aos astros
Mordaças a um poeta?
Absurdo!
E por que não
Parar o vento
Travar todo o movimento?
Era mais fácil deslocar montanhas com uma flor
Desviar cursos de água com um sorriso
Mordaças!
A um poeta?
Não me façam rir!...
Experimentem primeiro
Deixar de respirar
Ou rimar...mordaças
Com liberdade 

daivarela disse...

Como não sou como aqueles ditadores totalitários que querem fechar na mão uma estrela e este é um Concurso n'descontra, vou mudar esta pequena regra para o bem do Poeta e da Poesia.
PS: Adoro este poema

Tey Alexandre Silveira Fonseca disse...

Halleluiah!! Boa opção.... Agora sim... tava meio incongruente!

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes