10 de março de 2011

Nós não somos ensinados para criar ou inovar

Nós não somos ensinados – nem estamos apreendendo - para criar ou inovar. Nosso sistema de educação baseia-se no pressuposto de que a sabedoria vem de fora e que qualquer tentativa de mudar esse conceito é encarada como uma forma de revolta. 

O nosso sistema educacional limita-nos de tal forma que nas ciências exactas as aulas são para resolver problemas com fórmulas mágicas. Passa-se anos e anos resolvendo exercícios usando uma fórmula sem se saber como foi possível chegar até essa mesma fórmula. Não há mudança ao resolver mil exercícios neste formato de aprendizagem. 

A verdadeira inovação está em compreender os fundamentos que desencadearam a busca por esse conhecimento; como foi possível chegar até ele, e porque não, encontrar caminhos alternativos. Sim, porque o caboverdeano também pode encontrar caminhos alternativos para os conhecimentos existentes. 

Infelizmente fomos ensinados de que o saber é um privilégio dos outros e que a nossa função é engoli-lo e dizer amém. E quanto mais engolirmos, mais somos recompensados: desde o jardim-de-infância, passando pelo ensino básico e secundário até ao universitário. Somos recompensados com as festas de formatura que celebram um sistema hipócrita e capitalista que só serve para alimentar o ego do caboverdeano. 


“Olha pás crianças, vê como são criativas e curiosas 

Vê como são pensativas e gostam de explorar coisas novas 

A escola existe para lhes roubar a criatividade e formatá-las 

Estandardizá-las, domesticá-las, robotizá-las 

Para depois formar adultos que só vêm com duas balas” 

ALTERNATIVOS - Composição: Azagaia com Valete 

Temos um sistema de ensino que limita-nos o intelecto de tal forma que muitas vezes o que produz são profissionais frustrados. Queremos formar-nos rapidamente para integrar o mercado de trabalho para termos nossa secretária ao serviço do Estado. Quando isso acontece é só sentar e perpetuar a burocracia. São profissionais frustrados porque muitos caíram de pára-quedas em cursos para as quais não estavam vocacionados, mas que resolveram persistir porque o importante é ter um diploma. 

Vê-se diariamente jovens que esforçam-se para conseguir aprender um tema de forma pontual, somente para conseguirem uma nota num teste. O que isso tem de errado? Tem que isso demonstra uma falta de visão mais abrangente para reconhecer as disciplinas-chave do seu curso. Tem de errado porque o estudante não deveria procurar aprender um tema somente porque seu professor precisa de avaliá-lo. 

“E é só pra ter dinheiro que a juventude está a estudar 

Nós não queremos inovar, nem inventar ou criar novas tecnologias 

Ou até mesmo copiar. 

Pelo contrário: lá vem mais um BMW. 

Há mais Mercedes em África do que no país originário.” 

AS MENTIRAS – Composição: Azagaia 



Aquilo que convencionou-se chamar das escolas informatizadas, com salas de aulas com computadores e projectores, pode vir a tornar-se um dos maiores perigos ao nosso já fraco sistema de ensino/aprendizagem. 

Como é que a passagem do pau de giz e do quadro negro para as imagens (slides) projectadas pelo computador pode representar um perigo para a qualidade do nosso sistema? Simples: vai aumentar a preguiça mental, do professor e do aluno, e irá criar dois outros problemas, o roubo de conteúdo e o slide-o-mania (vou registrar esta expressão). 

Roubo de Conteúdo nas Escolas

Com a preguiça mental e com a disponibilização de conteúdo na internet, muitos professores irão fazer somente o copiar-colar dos artigos encontrados na Web. O que há de errado nisso se todo conteúdo na internet é livre e não pertence a ninguém, não? Isso não é bem assim. A internet não é uma terra de ninguém, sem leis. Muitos artigos e imagens estão protegidos por direitos de autor (copyright e copyleft). Portanto, quando o professor faz o seu slide com material copiado da Web poderá estar a infringir leis de protecção de autor. O pior é que muitos dos conteúdos desses slides que são usados nas salas de aula são retirados de sites de autoria duvidosa. Quando o próprio professor faz copy-paste, plágio e/ou roubo de conteúdo, qual é a sua moral para exigir que o aluno faça diferente? 

Slide-o-mania 

Quando juntarmos a preguiça mental + roubo de conteúdo teremos um professor viciado em slides. Aquele docente que só sabe apresentar e ler os slides projectados na parede e que hipotecou a sua capacidade de reflexão: quando terminar o slide, termina a aula. Achas que isso irá melhor a nossa inteligência? 


Minhas perguntas

Será que estou sendo pessimista demais? Você que é aluno, pensa que a informatização da sala de aula só trará benefícios? E você que é docente, acha que estou exagerando? 


Publicada (também) no Jornal Nha Terra Online





13 comentários:

luz disse...

è isso mesmo o nosso sistema está programado para um país que é sub-desenvolvido e que não quer de forma alguma evoluir mas sim continuar nessa posição de balde de lixo onde se deixa o que quiser e não de um país que quer avançar e fazer o melhor que pode para a sua gente.Mas tambem esta situação de pausa mental é favorável pelos politicos só ver que nesses 35 anos de independência continuamos com os mesmos partidos e se acontece o milagre de se ver um novo partido as caras são as mesmas ou seja inovação é uma palavra que ainda não existe no dicionário caboverdiano e muita falta deixa.

MRVADAZ disse...

Dai,

Antes de mais, aquele abraço crioulo. Tocaste no Ponto G do nosso sistema de educação, pior disso tudo, a maioria das pessoas em CV(sou muito pessimista!) não querem discutir temas deste género.

Quanto ao "somos recompensados com as festas de formatura que celebram um sistema hipócrita e capitalista que só serve para alimentar o ego do caboverdeano", acho que o problema está em não termos a consciência disso, coisas que aprendi depois de estar fora de CV.

Quanto às fórmulas, sei que tiveram uma origens depois de estar cá em Portugal, também aqui na minha faculdade, a ideia é robotizar jovens para as empresas do fabrico do dinheiro e outras riquezas e como, nós os caboverdenos que infelizmente, vemos o mundo através do binóculo português, a tendência vai por aí.

Não quero massacrar-te com o meu longo comments, deixo-te este link, creio a última música do nosso Valete(http://www.youtube.com/watch?v=HChojrZNggU).

Parabéns e continua!

daivarela disse...

Oi luz
Realmente o "país" não quer desenvolver. Temos que ser 'desenvolvidos' pelos outros para que aceitemos a nossa evolução. Mas enquanto continuarmos com esse sistema de ensino, pouco ou nada se pode fazer.

Vamos nós jovens inovar e esse exemplo irá reflectir-se. De certeza.
Abraço.

daivarela disse...

Olá MRVADAZ
Aquele abraço também.

Sabes, aceitar discutir isso é aceitar que o Sistema não está bem. Isso é algo difícil para os que beneficiem dele.

Por isso que sempre preferi usar o 'binóculo' brasileiro - do conhecimento livre - para ver as coisas.

PS: 'brigado pelo link. "Um Só Caminho"

Bitim disse...

Trata-se de um artigo interessante, mas era escusado crucificar o caboverdiano da forma como o autor o fez, porque o que se passa com o sistema de educação está a escala mundial. Se nós não somos os melhores, nem tão pouco somos os piores.

Ok, limitamo-nos a engolir o saber e as tecnologias dos outros, assim como disseste. Mas as vezes paramos e pensamos: Para que inovar, se não há amor, não há paz nem tolerância?
Para que inventar armas para matar?
Para que inventar TV Plasma, Telemovel, internet para acabar com a convivencia?
Para que inventar mercedes e BMW para poluir a cidade?
Para que inventar jogos de computador para desencaminhar crianças?
Para que inventar novas fórmulas científicas para cimentar o ódio e o terrorismo?

Meu caro, o amor prevalece sobre todas as coisas. É necessário sim, ensinar para rejuvenescer o amor, a paz, a solidariedade, a moral, a ética, o respeito, a tolerância que está perdendo por causa da industrialização.

A educação e o conhecimento não limita-se apenas à ciência, porque a ciência feliz ou infelizmente é um dom que está ao alcançe de poucos por natureza. Pode-se inovar, investigar, buscar conhecimentos por outros ramos do saber, tais como: Literatura, música, poesia, etc., e neste aspecto em Cabo Verde tivemos e continuamos a ter pessoas inteligentes e inovadores.

daivarela disse...

Oi Bitim, prazer em te ver por aqui.

Não penso que seja crucificar, mas talvez um constatar de um facto muito pouco animador.

O Sistema está num ciclo maléfico: quem foi mal ensinado, hoje é professor e assim sucessivamente.

Inovar é bom, sem esquecer o Amor. Foi essa inovação que te permitiu fazer-me lembrar destes sentimentos tão lindos: Amor, Paz e Tolerância.

Realmente temos muitos progressos nessas áreas que apontaste, mas é bem provável que a poesia de Sérgio Frussoni deva muito pouco às fórmulas métricas dos poemas que nos eram ensinados na escola. Ou que a forma descontraida e com inclusão de expressões crioulas nos textos de Germano Almeida seja bem vista pelos professores de expressão escrita.

Bem haja àqueles que inovaram e que continuam a criar.

Abraço

stephanie disse...

oi posso dizer que mais uma vez concordo plenamente contigo pois desde cedo ensinam-nos a conformar a usar e a tirar proveito do que os outros criaram por vezes usamos coisas q n sabemos como foram feitas,nem tentamos pelo menos copiar só queremos consumir ,desde a roupa q vestimos ao alimento q nos sustenta.

stephanie disse...

Em relação ao roubo de conteúdo nas escolas posso dizer q é representada pelo seguinte esquema:
professores tranmite o que copiou+aluno copia a cópia da cópia do professor=profissionais frustrados /vazios em conteúdo. os chamados srs. Doutores Professores na minha opinião têm duas formas de pensar 1º-q já sabem o suficiente p andarem a procura de um vasto leque de informações e q os alunos são suficientemente ignorantes q na hora da exposição do tema n sabem distinguir se este foi investigada, levada p a realidade do docente em questão e desta levantar questões e responde-los, de uma q foi feito o copy paste e minutos depois tranmitido e a 2ª forma de pensar dos docentes é q os alunos n merecem q ele corra atrás destas informações.Resultado nem o Docente aprendeu algo de novo mto menos o Discente,e ainda o cúmuloné q se os alunos fazem o mesmo(copy paste) os docentes os tratem como incompetentes como se eles não fizessem o mesmo, que hipocrisia !!!

daivarela disse...

Oi Stephanie
Sabes qual a melhor forma para mudar isso? É cada aluno encarar a Escola de uma forma diferente. Penso que muitos tem a Escola como um circulo fechado de conhecimento onde o Professor está no centro e é o dono da verdade.

Basta reparar que os alunos ficam com o lápis e o carderno já pronto e copiam tudo o que sai da boca do Professor como se isso fosse uma verdade absoluta, sem margem para uma salutar discordância.

É necessário ver o centro, mas também o seu contorno: trazer os conhecimentos para a nossa realidade e apresentar alternativas.

Abraço

Anónimo disse...

Brevemente provarei a verdade e realidade daquilo que escreveste, não importa como te vêm, fazes o teu trabalho e mais nada.Força, camiho é para frente.

Albinda disse...

Nao, nao estàs pessimista. Afinal acabaste por escrever o que venho denunciando nos jovens e que ainda ha dias nao gostaste.

Acabaste por reconhecer que a tua geraçao é mal formada e que os vossos professores sao uns vendedores da banha da cobra!

Reparei que citaste um conceito "copyleft" criado  por um dos meus amigos com quem estive em conferência sobre as novas tecnologias e a Net ainda ha três meses.

O gajo é completamente louco de cabelo comprido e vestido à hippie e de sandalhas  destabiliza as conferências internacionais dominadas por esses homnes de fato e gravata mas que nao têm nada de original na cabeça.

Al Binda

Anónimo disse...

What's Going down i am new to this, I stumbled upon this I've found It absolutely useful and it has helped me out loads.
I hope to give a contribution & assist different users like its aided me.
Great job.
Look into my site :: man utd transfer news 2009

Anónimo disse...

What's Going down i am new to this, I stumbled upon this I've found It absolutely useful and it has helped
me out loads. I hope to give a contribution & assist different users like its aided me.
Great job.
Also see my website - man utd transfer news 2009

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes