29 de janeiro de 2011

Em Conversa com: Neu Lopes (Actor/Encenador Teatral)


O que pensa da situação cultural de São Vicente em 2010?

Neu Lopes
Tenho esperança que a cultura será um pólo de desenvolvimento de Cabo Verde e principalmente de Mindelo que é a capital da cultura do país. Seria bom que ganhássemos consciência de que, de uma forma natural, nós somos realmente a capital cultural. Pode ser feito tudo o que for feito para transportá-lo daqui mas este povo com a sua história irá mantê-lo sempre aqui. Nós é que temos que manter este status. Tanto o pessoal da cultura como a população em geral têm estado de braços cruzados. Cabo Verde também peca por falta de uma política cultural. Não temos nada estipulado para desenvolver a cultura. 

Para além do Carnaval, MindelAct e do Festival de Baía, não vi mais nada em São Vicente no ano 2010. Tendo em conta o nosso status deveríamos ter cultura o ano inteiro. Mas o que se vê é que não há um grupo musical em São Vicente ou mesmo em outra ilha. Não há muita produção musical. 


Espera um 2011 com novidades?

Há um esforço para que neste ano de 2011 se faça algo melhor. Por exemplo os prémios de Cabo Verde Music Award. Há uma grande esperança no campo teatral. Será feito um grande investimento no Centro Cultural do Mindelo onde terá uma sala de ensaio, com um palco mais condigno para trabalhar equipado com sistema de som. Isso dará ao pessoal mais incentivo para trabalhar. Espero que haja lançamentos de livros e de músicas para este próximo ano.


Publicada (também) no Artiletra - Jornal-Revista de Educação, Ciência e Cultura de Dezembro/Janeiro de 2011 - Nº 108


1 comentários:

Tchpactha disse...

dai hum tive n bó blog, p uvi bó mensagem

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes