13 de maio de 2014

Carla Carvalho, jovem líder africana, assume-se "única e especial"



Carla Carvalho representa Cabo Verde
no Programa de Jovens Líderes
 Africanos
Carla Carvalho é uma das seleccionadas do Programa Jovem Líder Africano e será uma dos quatros escolhidos para representar Cabo Verde. Dando seguimento à serie de entrevistas aos escolhidos, agora entrevisto esta doutoranda em Development Studies que se define como uma viajante de sonhos. 

Conheça mais desta activista que não tem receio em se assumir como única e especial e que ambiciona influenciar a introdução das questões de género nos currículos da Universidade de Cabo Verde.






Daivarela: Qual o significado desta selecção para ti?

Carla Carvalho: Que sou única e especial; e que o trabalho árduo é sempre reconhecido. Foram milhares de candidaturas e a minha trajectória foi reconhecida como importante para o desenvolvimento deste pequeno país. E, que o meu trabalho de colocar uma pedra na construção deste país é importante e pode servir de ponte para novos programas e novos projectos para o país no seu todo e para os jovens particularmente.


Ser seleccionada entre cinquenta mil e ser mulher aumenta as responsabilidades?

Ser seleccionada entre 50.000 sim, creio que aumenta as responsabilidades mas não por ser mulher. As mulheres cabo-verdianas já deram provas de competência e poder para alcançar os seus objectivos e para assumirem um papel de vanguarda no processo de desenvolvimento do país em todos os domínios. Aliás, a mulher foi e será sempre a pedra angular na formação de Cabo Verde, seja mulher com estudos seja mulher mãe e chefe de família.


As mulheres em Cabo Verde estão numa luta constante para se afirmarem. Enquanto isso chega-nos esta escolha internacional. Até que ponto isto pode servir de referência para as jovens crioulas?

Penso que a nossa atitude deve ser sempre de compromisso, humildade e coragem para lutarmos e alcançarmos os nossos objectivos. A jornada, por vezes, é dura e espinhosa, mas as vitórias valerão sempre a pena. As jovens cabo-verdianas devem acreditar em si mesmas e fazer para a realização dos seus projectos. Nada é impossível para quem crê e acredita.


Quais os teus objectivos para este grande evento?

Aprender com os outros é o meu objectivo principal. Acredito que com esta oportunidade estarei numa das grandes escolas do mundo e num país que é uma grande referência em todos os níveis, de modo que, estou apostada em tirar o maior proveito possível deste curso de liderança em Gestão Pública. O segundo é conhecer os restantes colegas líderes africanos e saber o que estão a fazer para promover nos respectivos países. Acredito que a África está a resgatar o seu legado histórico de Centro do Mundo. A África já foi o centro do mundo e hoje ela está a aparecer como a grande solução para os problemas da actualidade. Todos os olhos estão voltados para a África e esta é a sina do continente que é o berço da Humanidade. O mundo deposita uma grande esperança em África e não é de estranhar. O terceiro é ter oportunidade de ouvir o Presidente dos EUA e ouvir a história de um homem que acredita, e que com a sua atitude “Yes, we can”, influenciou a história do seu país e o curso do Mundo. 


Estás envolvida em outros projectos?

Sim, muitos.

A nível da Academia:

1. Sou especialista em género e pesquiso na área do género e desenvolvimento. Escrevo sobre a condição das mulheres no meio rural da ilha de Santiago, Cabo Verde. Estou a trabalhar, neste momento, num projecto junto com o ICIEG na promoção da igualdade de género nas escolas.

2. Exerço as funções de Presidente do Conselho Directivo da Escola de Negócios e Governação (UniCV). A minha equipa e eu queremos colocar mais uma pedra na consolidação desta instituição e trabalhar para torná-la uma escola de referência na área da administração pública, gestão empresarial e governação. 

3. Sou membro do projecto “Ensinar qual Língua, Ler qual Literatura? Interculturalidade e relações étnico-raciais no Brasil e em Cabo Verde”, da Universidade Federal de Minas Gerais e Universidade de Cabo Verde no âmbito do Programa Pró-Mobilidade Internacional CAPES/AULP.

A nível da participação cívica e associativa:

1. Sou membro fundadora do Fórum Pensar para Desenvolver São Miguel, que já vai na 2ª edição e que constitui um espaço de discussão que busca promover um espaço de reflexão para discutir o desenvolvimento do concelho de São Miguel.

2. Sou membro fundadora e presidente da associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola do EBI-SOS, estamos a dinamizar a institucionalização da Associação e promover a participação dos pais na vida académica dos filhos mostrando que a vida escolar dos nossos educandos é responsabilidade de todos, particularmente os pais e encarregados de educação.

A nível político

1. Sou eleita municipal na Assembleia Municipal de São Miguel, na qual concorri cabeça de lista do PAICV.


Quais as tuas ambições neste momento?

Cabo Verde vive um momento único no processo de concepção e discussão institucional do desenvolvimento de políticas públicas nas áreas de género. A minha ambição é poder influenciar a introdução das questões de género nos currículos da minha Universidade, particularmente nos cursos ligados aos negócios e governação, pois, é meu entendimento que esta contribuição irá influenciar a promoção da igualdade de género, e em consequência influencia o desenvolvimento do país.


PERFIL

Carla Carvalho é socióloga, mestre em Ciências Sociais, doutoranda em Development Studies, especialista em género e pesquisadora na área do género e desenvolvimento. É também docente na Universidade de Cabo Verde e colaboradora do Centro de Investigação e Formação em Género e Família (UniCV). Neste momento exerçe as funções de Presidente do Conselho Directivo da Escola de Negócios e Governação (UniCV).




Leia também a entrevista ao Alfredo Pina, Jovem Líder Africano:

"Quero ter um discurso do nível de Obama", afirma o jovem líder africano Alfredo Pina

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes