1 de fevereiro de 2014

Rivaldino Santos descoberto no Mindelo para se tornar em modelo internacional


Rivaldino Santos é um jovem crioulo e modelo internacional que deixou Mindelo em 2013 para se aventurar neste mundo de glamour. Viaja muito e se apresenta em diversos projecto mas me diz que ainda não está rico. “Ainda não ‘moss’. Vai demorar porque as agências descontam muito”, diz-me nesta descontraída conversa.

Conheça um pouco deste modelo de 26 anos descoberto em São Vicente e que agora é modelo de agências em Paris, Itália e Nova Iorque.




(Daivarela): Quando foi que pensaste: “quero ser modelo”?

Nunca. Entenda, também sou atleta da Selecção de Taekwondo de Cabo Verde e num dia estava a dar aulas de aeróbica a uma amiga e ela me perguntou porque é que eu não fazia essa coisa de modelo. Depois da conversa ela pegou umas fotos no meu Facebook e mandou para Urivaldo Lopes, fotógrafo na Itália. Conversámos online e de seguida ele veio para Cabo Verde me fazer algumas fotos. Entretanto, era para ter partido mais cedo de Mindelo não fosse umas questões menos boas anteriores que os tinham feito decidir a não investir em mais nenhum modelo cabo-verdiano.


Foste descoberto no Mindelo depois de muitos desfiles?

Em Cabo Verde desfilei pouco. Quem me deu as primeiras dicas foi o estilista John Cruz.


Qual o maior projecto que já participaste até agora?

Já trabalhei por duas vezes com uma das mais famosas da moda, a Luísa Via Roma. Também tinha uns trabalhos para fazer em Itália mas tive que regressa à Paris porque estou nos expedientes para ir à Nova Iorque em Fevereiro.


O que mudou na tua visão sobre a moda desde que saíste de Mindelo?

Antes via a moda como um meio para conseguir um trabalho e ganhar dinheiro mas agora que a conheço melhor aprendi a gostar mais. Já não a faço apenas pelo dinheiro mas porque me sinto bem neste mundo. Sei que ainda estou a descobrir porque foi agora que comecei mas quero aprender mais para depois passar essa experiência lá em Cabo Verde.



Já estás rico com a moda?

(risos…) Não, “moss”. Ainda tenho muito que ir, principalmente porque minhas três agências descontam muito dinheiro em cada trabalho.


Mas a vida de modelo é só mostrar o corpo bonito e recebem um monte de dinheiro?

Não. Sei que muitas pessoas pensam assim em Cabo Verde mas a verdade é que tens que correr muito para estar pronto a fazer castings. Nem se tem tempo para comer bem e muitas vezes come-se na rua.


Pelo menos os modelos estão sempre rodeados de mulheres lindas…

(risos…) Às vezes quando as pessoas me reconhecem na rua pedem para fazer fotos comigo mas as mulheres bonitas só as encontro quando fazemos trabalhos juntos. É meu desejo ir a Cabo Verde partilhar minha experiência porque as pessoas parecem estar mal informadas acerca do trabalho de modelo.


Mas para ser modelo não é apenas preciso ter cara bonita e um bom corpo?

E muita sorte também porque o resto se aprende depois. Contudo, há que fazer a distinção entre modelo e manequim porque este último todos podem ser. Até gente feia pode. 


Assim?

Sério. Manequim é quem vai passear as roupas na passarela e modelo é quem faz publicidade e posa para as fotos. Por isso que um modelo pode ser manequim mas o contrário nem sempre é possível. Para se ser modelo é preciso ter corpo e cara linda enquanto manequim a preocupação é que sejam magros.



E projectos futuros?

(risos…) Futuro não sei. Ainda não estou atrasado para o futuro. Deixo as coisas irem mas tenho planos de representar Cabo Verde no Open da Holanda em Taekwondo, em Março deste ano.


Vais competir?

Sim. Quero participar neste torneio porque não consegui ir aos Jogos da Lusofonia, em Goa (Índia) no qual conseguimos duas medalhas de bronze na categoria. Nessa altura tive que dar prioridade ao meu trabalho como modelo.


Mas não tens medo de levar porrada e ficar feio?

Medo tenho sim, mas faço taekwondo porque me ajuda a definir o corpo e não me posso esquecer também que foi através desta modalidade que minha vida de modelo começou. Ainda por cima me ajuda na autodefesa e tenho que defender bem a minha cara (risos…). 



0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes