10 de novembro de 2013

Será isso mesmo que os missionários cristãos vieram fazer em Cabo Verde e toda África?


O discurso abaixo mostra a verdadeira intenção da viagem missionária cristã à África e foi exposto ao Mundo pelo Sr. Moukouani Muikwani Bukoko, nascido no Congo, em 1915, e que, em 1935, enquanto trabalhava no Congo, comprou uma Bíblia em segunda mão de um padre belga que esqueceu o discurso dentro do livro. 

Para o site "Reunião da Família Negra", é graças a um século ou mais deste controlo da mente missionário mandatado por Leopoldo II, que os Cristãos Africanos não são activistas, não se auto-ajudam, não são economicamente comprometidos, nem decididos politicamente, e muito menos um grupo militante. Por isso é que se sujeitam a todos os tipos de maus-tratos e exploração por parte dos seus opressores, bancos e pretos.

Cabo Verde teve cerca de 500 anos de submissão intelectual, física, política, religiosa, cultural, etc., e para isso contribuiu muito os missionários cristãos. Com ou sem a carta de Leopoldo II, os missionários cristãos vieram ladinizar os pretos para que conhecessem apenas alguns versos escolhidos do Evangelhos para trabalharem como escravos uma existência inteira porque a vida no céu iria compensar.

Acredito que um crioulo cristão não está a honrar a memória das costas doridas dos seus antepassados, marcadas pelas chibatadas e opressão mental daqueles que trouxeram um Boa-nova da Europa e os obrigaram a reconhecer novo deus.





Carta do rei Leopoldo II da Bélgica aos missionários coloniais, 1883

Reverendos, padres e queridos compatriotas:

Leopoldo II da Bégica
Um dos mais cruéis reis a invadir África 
A tarefa que vos é dada a satisfazer é muito delicada e requer muito tacto. Vocês vão certamente para evangelizar, mas vossa evangelização deve inspirar acima de todos os interesses, a Bélgica. Vosso principal objectivo nessa missão no Congo é nunca ensinar aos pretos a conhecer a Deus, pois isso já sabem. Eles falam e se submetem a uma Mungu, um Nzambi, um Nzakomba, e o que mais eu não sei. Eles sabem que é errado matar, dormir com esposa de outra pessoa, mentir e insultar. Tenham coragem em admiti-lo, mas vocês não estão indo para ensinar-lhes o que eles já sabem. Vosso papel fundamental é o de facilitar a tarefa dos administradores e industriais, o que significa que vocês vão interpretar o Evangelho da melhor maneira para proteger nossos interesses em qualquer parte do Mundo. 

Para isso, vocês têm que manter a vigilância em desencorajar nossos selvagens acerca das suas muitas riquezas [em seu subsolo. Evitem isso, porque se se interessarem podem lhes assassinar]. Desencorajem a competição e o sonho de um dia querer derrubar vocês.

O conhecimento do Evangelho que vocês possuem irá permitir que possam encontrar uma forma de ordenar os textos bíblicos e incentivar a seus seguidores que amem a pobreza, tal como "Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus” e "Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus”

Vocês têm que desuni-los e fazer com que desrespeitem tudo o que dá coragem para nos afrontar. Faço referência ao seu Sistema Místico e seu fetiche pela guerra - protecção através da vida militar - que eles fingem não querer abandonar, e que vocês devem fazer tudo em vosso poder para fazê-los desaparecer.

Vossa acção será dirigida, essencialmente, para os mais jovens, pois eles não vão se revoltar quando a recomendação do sacerdote é contraditória aos ensinamentos de seus pais. As crianças têm de aprender a obedecer o missionário recomenda, que é o pai da sua alma. Vocês devem insistir singularmente em sua total submissão e obediência, evitar o desenvolvimento do espírito crítico nas escolas, ensinar os alunos a ler e não a raciocinar. Aqui estão, queridos patriotas, alguns dos princípios que vocês devem aplicar. 
Congo - roubo e sequestro

Vocês irão encontrar muitos outros livros que serão dados no final desta conferência. Evangelizem o preto para que ele fique sempre em submissão aos colonizadores brancos, para que eles nunca se revoltem contra as restrições que estão passando. Recitem todos os dias: "Felizes são aqueles que estão chorando porque o reino de Deus é para eles".

Convertam sempre os negros usando o chicote. Mantenham suas mulheres em nove meses de submissão a trabalhar livremente para nós. Força-os a pagarem-lhe, em sinal de reconhecimento, cabras, frango ou ovos, cada vez que vocês visitarem suas aldeias. E certifiquem-se que o preto nunca se tornar rico. Cantem todos os dias que é impossível para o rico entrar no céu. Façam-nos pagar o imposto todas as semanas na missa de domingo.

Usem o dinheiro supostamente para os pobres, para a construção de centros de negócios florescentes. Instituem um sistema de confessionário que lhes permitam ser bons detectives e os façam denunciar qualquer preto que tenha uma consciência diferente ou contrária ao do tomador de decisão. Ensinem os pretos a esquecerem seus heróis e adorar apenas os nossos. Nunca ofereça uma cadeira para um preto que vem visitá-lo. Não lhe dê mais do que um cigarro. Nunca convida-o para jantar, mesmo que ele lhe dê um frango cada vez que você chegar a sua casa.



Encontrei a carta aqui

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes