28 de agosto de 2013

Exclusivo: Jota diz que não raptou atleta mas não revela paradeiro


Após saber que era acusado pelo agente brasileiro, Paulo Teixeira, de “raptar um jovem atleta”, o agente FIFA caboverdeano, Jota, telefonou-me de Portugal para esclarecer a
Jota diz que vai accionar o tribunal
situação.

A acusação, que foi avançada em exclusivo aqui no blogue, dá conta através do diretor executivo na empresa SFL - Soccer Features, Paulo Teixeira, de que Jota teria sequestrado Carlos Makiadi, jovem defesa-central canhoto de 16 anos.

Entretanto, João José Cardoso da Silva, mais conhecido por Jota, nega esta acusação que considera ser de uma pessoa “chantagista”

Segundo avançou este primeiro agente FIFA caboverdeano, ele realmente sabe onde está o jogador português mas não irá revelar porque Paulo Teixeira quer “passar-lhe a perna” neste negócio.

Paulo Teixeira 
“Não vou dizer onde está o jogador. Direi, sim, quando e se ele assinar pelo novo clube mas logo de seguida irei accionar o tribunal contra Paulo Teixeira por esta acusação mentirosa de rapto”, avança Jota garantindo que Carlos Makiadi está devidamente legalizado e autorizado no novo clube. “E mais, os pais estão ao corrente da sua situação”, garante.

Jota assegura que é agente de Carlos Makiadi há cerca de oito meses e que é “quase da família” deste atleta filho de angolanos e que é considerado muito talentoso. “Inclusive esta quarta-feira tomei café com o pai dele, Cuta Makiadi. Podes perguntar ao pai do rapaz se Carlos está sequestrado e quem é o verdadeiro agente do futebolista”, recomenda Jota.

“O que se passa, na realidade, é que dei ao Paulo Teixeira a oportunidade de fazer negócio mas ele me traiu e tentou comprar a família e colocar-me fora do circuito. O seu azar é que ele encontrou pessoas humildes, honestas e rectas e não conseguiu levar a sua traição avante. Agora restou-lhe fazer campanha difamatória no Facebook”, afirma Jota.

A verdade do pai do atleta

José Makiadi
Confirmei o número através de duas pessoas diferentes e telefonei para o pai do atleta em Portugal. Em resumo, estas são as palavras do senhor Cuta Makiadi:

“Conheço o João José há quase um ano e confio nele. Ele é o agente do meu filho e sei onde o José está.”



Veja aqui a acusação de Paulo Teixeira:

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes