2 de junho de 2013

Três artistas crioulos numa exposição em Roterdão


São três artistas de Cabo Verde e vão expor durante o mês de Junho na Galeria Werklicht, em Roterdão: o pintor
Uma das obras que pode ser apreciada na exposição
Franklin Lopes, a performance e artista visual Iloisa Fortes e o ilustrado e artista gráfico Luís Lisboa.

A inauguração aconteceu este domingo, em 78b Putsebocht, no distrito Bloemhof, e mostra obras de um Franklin Lopes que pinta aquilo que o seu coração lhe dita, com um foco especial sobre as pessoas e pensamentos. Para apreciar estarão telas e painéis em óleo. Após desenhar é que começa o show através da pintura, camada sobre camada, buscando a perfeição.

Iloisa Fortes gosta de brincar com papéis, identidades e personagens. Ela faz vídeos, fotos e artes performativas através do som. Seu trabalho é altamente dependente do tempo, lugar e espaço. Uma construção que pode ser considerada obscura, minimalista, de forma dramática, absurda e bem-humorada.

No trabalho de Luís Lisboa o centro é o homem e o seu meio ambiente. Ele vê o ser humano como uma coisa de plástico que pode distorcer. Luís tem formação em desenho e elementos gráficos e trabalha com diversas técnicas. A sua exposição retrata aqueles que vivem ou trabalham em Roterdão.

Se estiveres por aquelas bandas, já sabes que podes visitar a área da exposição que é caracterizada por uma concepção aberta e uma localização especial para fazer com que os artistas sintam-se livres para experimentar coisas novas.


0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes