24 de janeiro de 2013

Eu apoio o casamento gay em Cabo Verde

Eles são crioulos e querem casar também. E como somos todos iguais acho que todo mundo tem direito de sofrer por isso acho que eles também deveriam poder se casar.


Este Mundo não me pertence por isso estas "loucas" tem todo o apoio de Crioulo n'Descontra para se casarem.

Não estou fazendo isso para chamar a atenção e nem sou gay (nenhum destes que estão na foto sou eu. Juro!), mas apoio o casamento gay. Não vou dar nenhuma explicação teológica, sociológica ou que tenha qualquer lógica. Apoio e pronto!

"Quando o casamento parecia a caminho de se tornar obsoleto, substituído pela coabitação sem nenhum significado maior, chegam os gays para acabar com essa pouca-vergonha. Luis Fernando Veríssimo


Está aqui em crioulo a revindicação da associação:

Associaçǎo Gay Caboverdiana kré casamento gay discutido na Assembleia
“NOZ TAMBÉ É FIDJOS DI CABO VERDE…”
Antes e ta daba multa ou cadeia, mas desde 2004 homosexualidade dexa de ser crime na Cabo Verde. É dexa de ser punido pa lei, mas infelizmente ê continua ta ser punido pa sociedade. Homosexuais, lésbicas, gays, bisexuais ou travesti continua na Cabo Verde ta ser objecto de troça, al vez de um certo desprezo, ez ta thomado “panuleros”, “mudjerinhas” ou “tarados sexuais”...Por isso txeu kriolos ka ta assume abertatamente sez sexualidade, num sociedade católico falsamente conservador y al vez hipócritamente moralista. Homosexualidade na Cabo Verde continua ta ser assunto tabu, al vez ta tentado tapa sol ku pinera pa fazi de conta ma ê ka existe. Ka ta faladu na Radio, ka ta discutido na televison, ka ta screbedu na jornal...Mas dja ê altura. Num momento em que na mundo intero casamento gay y direitos de homosexuais sta na ordem do dia, sta na altura de Cabo Verde abre um debate livre, claro y objectivo sobre ez matéria que ta afecta milhares de cabo-verdianos, tanto dento como fora de Cabo Verde. É preciso muda mentalidades, y pa kel li tem que tem discussǎo y informaçǎo. É por isso que nu ta sauda criaçǎo , ano passado na Mindelo , de kel primero Associaçǎo Gay Caboverdiano pa defende direitos de tudo homosexuais, lésbicas , gays y travestis de Cabo Verde.


2 comentários:

Miriam Lopes Dos Santos disse...

So não concordo com esta parte: "... Ka ta faladu na Radio..."
???Talvez precisemos 'e falar ainda mais!

Sou completamente a favor da liberdade de escolha e anti-discriminação...que todos os que queiram oficializar a sua rela;cao tenham essa possibilidade, independentemente da sua op;cao sexual!

Vou ter de concordar com a socióloga Claudia Rodrigues que já por duas vezes, em programas da RCV sobre esta matéria, frisou a necessidade de mais "LGBT'S"(Lesbicas, Gays, Bissexuais e Transsexuais) das ditas "Classes altas", darem a cara pelo movimento!

Anónimo disse...

sou a favor,ainal de contas cada pessoa e livre e tem direito de ser feliz di ses manera.

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes