12 de outubro de 2012

Produção musical: morna e coladeira perdem terreno para hip-hop

Longe vão os tempos em que para gravar música era preciso muito dinheiro e vários artistas em estúdio. Hoje, basta ter computador, microfone e a vontade de ser ouvido. É isso que têm vindo a demonstrar jovens cabo-verdianos que diariamente estão a lançar novas músicas. Entretanto, no que toca ao estilo ou ao género, o tradicional perde para as novas influências, principalmente o hip-hop. 


Uma das razões para o tradicional estar a perder terreno é porque este precisa de um projecto musical e um acompanhamento de, pelo menos, um baterista ou percussionista, um guitarrista, um baixista, um tecladista e um vocalista. Enquanto isso, os jovens estão a realizar seus projectos de hip-hop com apenas um produtor e um vocalista, num estúdio caseiro... 



Para ler todo a reportagem adquira o jornal A Nação Nº 257 - o jornal considerado o mais independente de Cabo Verde.

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes