2 de agosto de 2012

Achômetro Nº18 - Esta notícia tem pouco de inocente

O portal de notícias português, A BOLA, resolveu, inusitadamente, fazer eco de uma notícia publicada num online nacional. Com o título “População de Chã de Alecrim afasta ladrões à... pancada” começa por dizer, e citamos: “A população de Chã de Alecrim, da ilha de Santiago, expulsou, à pancada, dois assaltantes de uma residência…”, e para ilustrar a notícia usa uma foto da cidade do Mindelo.

Seria normal esta notícia (apesar das imprecisões) se o portal de desporto tivesse o hábito de noticiar outros acontecimentos de Cabo Verde e, principalmente, se neste momento não estivessem demolir casas e barracas de cabo-verdianos e outros emigrantes em Santa Filomena – Amadora, em Portugal. Por causa destas demolições, muitos moradores estão a reunirem-se em vigílias, a protestar e a entrar em confrontos com a Policia.

Mas, estará este texto a querer mostrar que os protestos dos caboverdeanos na Amadora é resultado de uma herança do seu país onde a justiça é feita através do linchamento dos ladrões, como esses vizinhos de Chã de Alecrim (que por acaso fica na ilha de São Vicente) que acorreram a casa “e obrigaram os ladrões a bater em retirada, não sem antes terem sido alvo da ira, e agressões, da população”, como escreve o site português?

Será mais uma teoria de conspiração? Se for, então mostrem-me mais notícias sobre Cabo Verde no A BOLA.


6 comentários:

Djack disse...

Ó Varela, não acredites em teoria da conspiração. Acredita mais em teoria da burrice (ou da ignorância). Ainda anteontem à noite estava eu a escrever mais um pouco sobre Cabo Verde, como faço todos os dias, e olha o que juntei ao livro que está em andamento:





A mais antiga notícia sobre uma
catástrofe natural que encontrámos na bibliografia consultada, de Outubro de
1892, é reveladora de que mesmo entre portugueses nem sempre o conhecimento da
geografia nacional era suficientemente exacto: «Um grande ciclone passou na ilha de Cabo Verde destruindo grande
número de plantações, derrubando casas e fazendo soçobrar, afundar e encalhar
muitas embarcações ali ancoradas[1].» O paquete Angola esteve na eminência de naufragar, devido a este ciclone. A
notícia que o refere diz que o embate se dera em S. Vicente e que só a perícia
do comandante e tripulação evitaram o pior. Mesmo assim, o navio sofreu graves
estragos[2].


Como vês, até há uma ilha de Cabo Verde. Portanto, às tantas, Chã de Licrim é mesmo em Santiago, perto do Monte Sossego (bairro da Praia) que por sua vez fica a norte da cidade da Brava e da freguesia do Sal que se situam a norte de Fonte Francês, mesmo ao lado de Buracona e de Pedra Scribido, no distrito de Almada...Braça geográfica, Djack

ZitoAzevedo disse...

Acho que cada macaco deve ocupar o seu galho...Um jornal desportivo deve falar daquilo que sabe (ou devia saber): de desporto, portanto..Ora, expulsar ladrões, embora requeira alguma força e agilidade, não é uma actividade desportiva pelo que a divulgação da notícia, depois de TUDO confirmado, deve ser deixada aos jornais generalistas...Por outro lado, amigo Varela, partir da "pata-na-poça" de A Bola para "teorias da conspiração" parece-me forçado...De resto, voce nem sequer explica porque é que que as casas de S.Filomena estão a ser demolidas e se são, TODAS, de caboverdianos...Melhor do que eu, V. sabe que, em jornalismo, há que ser imparcial e não esquecer que, em situações de litígio há, sempre, pelo menos duas faces para a mesma moeda...Parabéns à malta de Chã de Alecrim!

daivarela disse...

Bom, quanto a explicar o que se passa em Santa Filomena, as informações estão disponiveis online, é só procurar. Mas vou deixar aqui um link da Plataforma Gueto sobre as Demolições no Bairro de Santa FilomenaÇ

http://www.redylima.net/uploads/6/8/5/0/6850430/comunicado_sobre_as_demolies_no_bairro_de_santa_filomena.pdf

Eu disse que são de caboverdeanos e outros emigrantes que estão a ver suas casas e barracas demolidas sem poderem fazer nada.

Abraço

daivarela disse...

Pode ser que seja esta a opção mesma. Mas não sei como encarar um site desportivo que do nada resolve trazer esta notícia, estranho não?

Fico a espera para conhecer o seu livro.

Abraço

ZitoAzevedo disse...

Estive na plataforma cujo logotipo é, de resto, elucidativo. O estilo panfletário não é, do meu ponto de vista, o mehor para se discutirem coisas sérias deixando no leitor uma sensação de sectarismo,  rancor politico e conflito étnico...Terei que ir beber a outras fontes, a juzante do diferendo pois as disponiveis parec
Ne estarem enquinadas por motivos estranhos à situação...
Mantenha!

ZitoAzevedo disse...

POR FAVOR, LER. ...parece estarem enquinadas...
Obrigado e as m/ desculpas pela trapalhada...
Zito

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes