24 de março de 2012

Apesar de S. Vicente não acarinhar seus artistas, Nóia faz exposição

O artista plástico Fernando Morais resolveu fazer a exposição que há muito prometera. Chama-se “Cabo Verde na Lusofonia” e desde o dia 20 que está com diversos quadros no Centro Cultural do Mindelo (CCM). 

Ficam aqui três dos seus quadros para abrir o apetite e ir visitar esta exposição: 
Ecos da Tradição (técnica mista)

Emigrantes na pesca da baleia (técnica mista)

Morna (técnica mista)
Conhecido pelos amigos por “Nóia”, este criador de mãos cheias tem-se destacado mais como “carnavalesco”, ou seja, aquele que pensa e executa os projectos de grupos como a Escola de Samba Tropical ou o Cruzeiros do Norte (bi-campeão do Carnaval de São Vicente) mas também mostra agora que tem lindos trabalhos na arte plástica. 

Fernando "Nóia" Morais
Na anterior entrevista que tinha-me concedido ele estava muito desiludido com São Vicente porque dizia-me que a ilha não acarinhava seus artistas e que as pessoas só queiram "meter o dedo no olho" do artista. Prometeu que a digressão da sua exposição iria acontecer este ano a partir de Mindelo e aqui está ela. Vale a pena visitar o CCM e apreciar os quadros expostos e conversar com o artista.

Veja a entrevista onde Nóia lamenta que São Vicente não acarinha seus artistas.

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes