11 de dezembro de 2011

Porquê visitar a Ponta de João Ribeiro?

Abandonado há muitos anos a Ponta de João Ribeiro hoje está completamente degradada. Aquilo que foi outrora um ponto estratégico para a protecção da Baía do Porto Grande durante a Grande Guerra de 1914/18 contra os submarinos alemães agora tem os enormes canhões de 100 mm enferrujados e deteriorados. 

Um património esquecido e destruído

Os bunkers do posto fortificado que serviam de protecção aos 75 soldados que defendiam o porto dos navios inimigos estão destruídos e cheios de lixo. Nada daquilo foi conservado por qualquer razão que desconheço mas ainda assim merece um passeio de Turismo Pedestre. 


Com uma caminhada rápida de 30 minutos é possível completar os cerca de três quilómetros de distância que separam o cabo a norte da Ponta de João Ribeiro do centro de Mindelo. A ligação é feita por uma estrada de terra batida que, assim como a construção da fortificação, durou quase todo o ano de 1916 e contorna uma montanha com uma altura respeitável. 

Uma vista linda sobre a Baía do Porto Grande


Porque visitar Ponta de João Ribeiro? 

A partir do local é possível uma vista panorâmica e deslumbrante sobre parte do Mindelo e Monte Cara. Ainda é possível apreciar parte da ilha de Santo Antão e o ilhéu dos Pássaros a cerca de 700 metros de distância. É um dos melhores locais para apreciar um por do sol e aproveitar para namorar…

Preparando para voar até ao Ilhéu dos Pássaros.
Quem me acompanha?



6 comentários:

Vadini Ferreira disse...

Muito bom este quadro travel do teu blog. Quando estiver em Säo Vicente farei com certeza este circuito. Que venham mais histórias.

daivarela disse...

Vou ter o maior prazer em te acompanhar, Vadini Ferreira.
Abraço

Anónimo disse...

Uabá, o gajo quer retornar ao seu antigo emprego. Faltam guias e operadores turísticos em São Vicente?

zito azevedo disse...

O sítio de João Ribeiro tem segredos de cicatrizes físicas e psicológicas que marcam os corpos e almas de muitos cabo-verdianos(e não só...) sequelas da repressão politica dos anos 70 do século passado. Uma História que ainda não foi escrita..
Zito Azevedo

daivarela disse...

Anónimo acho que ainda vou manter o actual emprego. Mas vou continuar a visitar as belezas da ilha. Abraço

daivarela disse...

Pois, Zito Azevedo e se eles não a querem contar é porque tem alguma coisa que preferem esconder

Enviar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes